Pular para o conteúdo principal

Cuidado com Você!




Não é segredo para ninguém que cresci ouvindo Titãs e que é uma das minhas bandas favoritas, mesmo não estando tããããão na mídia ultimamente ( e quem liga para isso? Tem banda muito, muito boa que não está tão em evidência.. eu deveria fazer um post sobre isso).

Enfim, esta faixa é de um álbum deles chamado A Melhor Banda de Todos os Tempos da Última Semana - aliás, a faixa que dá título a este álbum é ótima também. Lançado em 2001, este CD tem muitas músicas muito boas, bem ao estilo Titãs de fazer letras críticas em alguns momentos e esperançosas em outros.

Nem deu para perceber que este CD é um dos meus preferidos, né? Rsrsrs.

'Cuidado com você", última faixa deste CD ( que eu tenho em casa, naquela época eu comprei CD's com certa frequência), pode ter diversas interpretações:  será que fala do egoísmo, do individualismo crescente? Fala de paranoia? 

Acho que a intenção desta letra é deixar meio em aberto, mesmo.

Desde a primeira vez que ouvi, imaginei que era uma crítica ao egocentrismo, individualismo.. Mas pensando um pouco mais, algumas frases também se encaixam em um comportamento paranoico. ("estão olhado pra você, estão falando de você, a chuva é pra molhar você...)

E pensando ainda mais um pouco, estes dois comportamentos podem ser complementares de certa forma.

Quando mais individualista for uma pessoa, quanto menos se importar com os demais, mais irá imaginar que tudo o que acontece ao seu redor e que lhe afeta, só pode ser por sua causa ou para lhe servir. ("Quem tem dinheiro te roubou(...), " o prazer é todo seu, se você entra a casa é sua")

 Egocentrismo é uma fase normal do desenvolvimento do ser humano, que acontece na infância ("todos são espelhos pra você, só pra você a vida corre,quando você dorme o mundo morre"), mas que, nota-se, muitas pessoas não conseguiram deixar lá na infância.

E este comportamento está se escancarando nos tempos atuais. Condutas como " se eu estiver bem, dane-se os demais" e " antes ele do que eu", ataques a pessoas que pensam diferente nas redes sociais - e fora do ambiente virtual também, a tendência a tomar quaisquer comentários ouvidos ou lidos como ataques pessoais.. o que é isto a não ser a concretização destes versos:


Estão olhando pra você,
Estão falando de você, 
A chuva é pra molhar você,
A guerra é pra matar você
A reza é pra salvar você, 
Cachorros latem pra você, 
Cuidado com você
Cuidado, cuidado, cuidado!
Com você! 



Podemos também notar que a advertência "cuidado com você!" Pode ter dois sentidos: a pessoa tem de se cuidar "até morrer" , já que "só para ela a vida corre", já que tudo acontece para ela e por causa dela. Ou também pode significar para a pessoa tomar cuidado para não virar inimiga dela mesma. 

"Até, até, você morrer, cuidado, cuidado com você!" pode ser perfeitamente esta advertência: tome cuidado com seus pensamentos, com o que você pode acabar fazendo contra si mesmo. 
















Comentários

  1. Que possamos doar o melhor sempre! Muito sábio o teu texto. E o blog muito bonito.

    https://ives-minhasideias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, visitante novo!
      Obrigada pela visita ao meu espacinho,seja bem-vindo e fique à vontade!
      Logo irei visitar seu blog também.
      Abraços!

      Excluir
  2. Mari, gostei da tua análise dessa letra. Realment3e, tens razão...Há cada um que pensa que tudo gira em torno de si, que é o poderoso, o tal,,, Cuidado com esses pensares e sentires...

    Gostei!Bem legal! beijos, lindo dia! chica

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Chica, às vezes a gente até meio que perde a esperança nas pessoas né? Mas vamos tomar cuidado com isso!
      Abraços e muito obrigada por sempre estares aqui no blog!

      Excluir
  3. Lendo e confessando que gostei. Bom texto de introspecção musical
    .
    * Exultação de um amor intenso *
    .
    Votos de um dia feliz

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Gil! Que legal, visitante novo no blog! Seja bem-vindo e sinta-se à vontade! Logo irei visitar seu blog também.
      Abraços!

      Excluir
  4. Adoro Titãs. Concordo com a paranóia, com o egocentrismo. Mas penso que a letra vai um pouco alem, nos colocando como o centro dessa sociedade de consumo, como a fronteira a ser conquistada pelo marketing agressivo e disfarçado ,onde tudo é um produto a ser comprado. Uma sugestão: poste também Epitáfio. Bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Renato, adorei sua observação sobre a sociedade de consumo! Muito boa mesmo!
      Sobre sua sugestão.. rsrsrs... sou suspeita, gosto das letras desta banda e se deixar acabo postando vááárias músicas deles. Anotei sua sugestão e pode aguardar que uma hora o texto vai aparecer no blog!

      Excluir
  5. Muito bonito Mari, trazer Titãs aqui para uma interpretação da letra desta super música. Eles tem um trabalho muito bonito nesta país que um tiro faz sucesso.Que descer em garrafa faz sucesso. Assim como você fui um consumidor da MPB, no meu caso desde os LPs, rsrs. Um colecionador de Milton, Chico Buarque, Caetano, Gil, Fagner, Ze Ramalho, Geraldinho etc. A letra desta música faz parte de um tempo e neste tempo deve ser analisada embora caia como luva nos dias de hoje e assim suas analises estão muito boas e precisas.Que bom, gostei Mari e pode sim postar outras músicas com este objetivo.
    Meu terno abraço de paz e alegria com todos os cuidados com você.
    Bjs de paz amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Espero postar sobre músicas com mais frequência, realmente. Grata pela visita e desculpe pela demora em responder ao comentário!

      Excluir
  6. Não conheço muito do trabalho da banda, mas concordo com a crítica ao egocentrismo. Acho que ele é a base para todos os males, pq se todo mundo for egocêntrico a sociedade não funciona né?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, basta analisar o que a sociedade está se tornando...

      Excluir

Postar um comentário

Devaneie você também!

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Marcelo, Marmelo, Martelo e outras histórias, de Ruth Rocha

O exemplar que tenho em casa, velhinho mas em bom estado Livro : Marcelo, Marmelo, Martelo e Outras Histórias Autora : Ruth Rocha Ilustrador : Adalberto Cornavaca Edição : 33ª Ano : 1976 Editora Salamandra Ruth Rocha é uma das minhas autoras preferidas, pela sua capacidade de criar histórias infantis que levam à reflexão e de tocar em temas dito espinhosos.  Já falei sobre este assunto em uma resenha de outro livro, O Que Os Olhos Não Vêem , aqui mesmo neste blog. Para quem não está associando o nome à pessoa, ela é autora também de O Reizinho Mandão , Dois idiotas sentados cada qual no seu barril , Sapo Vira Rei Vira Sapo,   entre outros. Neste livro, Ruth Rocha conta três histórias, protagonizadas por crianças que vivem no espaço urbano. São situações do cotidiano,que estas crianças resolvem a seu modo, aprendendo e crescendo com os desafios a elas impostos.    -------------------------------- E m Marcelo, Marmelo, Martelo, história que dá título

1 Imagem, 140 Caracteres #441

 Uma semana se passou e ainda há reflexos da Páscoa no ar...  Tudo bem aí com vocês? Espero que sim! Preparei a postagem mas a internet me passou a perna e agora que dei a volta nela (ahhaha) aqui estamos de novo!  Como já está tarde, arrumei o texto para ficar mais enxuto. Vamos para nossa imagem da semana? Imagem obtida no site Carta Capital Descrição: a imagem mostra um casal de idosos, de costas, caminhando sobre uma passarela de cimento em uma área arborizada . À esquerda vê-se parte de um banco. O homem veste uma camisa azul clara e calças jeans e está de mãos dadas com a mulher, que usa saia marrom e uma blusa de frio branca e meias brancas e longas.  Ambos tem cabelos brancos e curtos.  .................................................................................................. A praça mudou, a cidade ao redor também. Mas você continua aqui ao meu lado. Isso é o que importa no final das contas.  .............................................................................

1 Imagem, 140 Caracteres # 443

Boa noite!!! Passei a semana gripada, o que significa que olhar para uma tela de computador era bem complicado. Tanto que tenho até trabalho atrasado por conta disso. Mas enfim, vamos ao que interessa: a sexta-feira está quase acabando e ainda dá tempo para a nossa blogagem semanal acontecer!  Então, vamos lá? Imagem extraída do DepositPhotos Descrição: um menino branco, de costas.Ele cabelos curtos e loiros. Está usando uma camiseta azul, uma bermuda preta e calçando tênis. Ele está sentado em um ambiente escuro observando um grande  aquário com peixes ornamentais grandes, cor-de-rosa fraco. Me perdi da minha turma... Melhor esperar aqui. Enquanto isso, me acalmo com a sensação de estar no fundo do mar! Bom final de semana!