Pular para o conteúdo principal

Desbotado, procurando um lugar para descansar

Capa do CD Living Things - Linkin Park
Meus pés sangram de tanto caminhar, por entre vales e espinheiras que parecem não ter fim. O cansaço domina, os olhos já estão secos, mas não posso parar.
Simplesmente não posso.
Escolhi lutar não por uma causa, mas por uma vida inteira,
Mas ninguém mais quer ou pode me apoiar


Estou acordado faz tempo, noite escura
Não consigo domesticar minha mente
Estilingues e setas vão me matando por dentro
Talvez não possa aceitar essa minha vida
Não, não posso aceitar essa minha vida


Não há um lugar para reclinar a cabeça, nem a simples esperança de um refrigério. Já vi demais, ouvi demais, vivi demais.

Simplesmente cansei.


Estou farto da tensão, farto da fome,
Farto de você agindo como se eu te devesse isso,
Encontre outro lugar para alimentar sua ganância,
Enquanto eu encontro um lugar para descansar.
 Ando pelas ruas sem saber até onde poderei ir. Chego a um ponto que talvez seja o final. Os jogos que minha mente fazem comigo são traiçoeiros, a ponto de eu não saber se o mundo enlouqueceu, ou eu é que estou enlouquecendo, sangrando minhas mãos de tanto dá-las às pontas das facas que aparecem todos os dias à minha frente.
As feridas não saram, não querem sarar. Melhor assim, as marcas que não cicatrizam não me deixarão esquecer as dores, as lutas, as investidas contra o muro que se levantou cada vez que conseguia me erguer. 

O sol brilha e Não consigo evitar a luz

Eu penso que estou muito preso à vida

Cinza às cinzas e pó ao pó

Às vezes tenho vontade de desistir, sim

Às vezes tenho vontade de desistir

Mas não posso desistir agora. Ainda não atingi o final, o topo, o clímax da vida. Ainda não experimentei a sensação de dever cumprido.

Pegue todo o orgulho

E deixe pra lá

Porque um dia isto acaba

Um dia nós morreremos

Acredite na sua força de vontade

Este é teu direito

Mas eu escolhi vencer

Então eu escolhi lutar

Lutar

("colagem" feita a partir de duas músicas - A Place For My Head - Linkin Park e Weathered - Creed)



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Marcelo, Marmelo, Martelo e outras histórias, de Ruth Rocha

O exemplar que tenho em casa, velhinho mas em bom estado Livro : Marcelo, Marmelo, Martelo e Outras Histórias Autora : Ruth Rocha Ilustrador : Adalberto Cornavaca Edição : 33ª Ano : 1976 Editora Salamandra Ruth Rocha é uma das minhas autoras preferidas, pela sua capacidade de criar histórias infantis que levam à reflexão e de tocar em temas dito espinhosos.  Já falei sobre este assunto em uma resenha de outro livro, O Que Os Olhos Não Vêem , aqui mesmo neste blog. Para quem não está associando o nome à pessoa, ela é autora também de O Reizinho Mandão , Dois idiotas sentados cada qual no seu barril , Sapo Vira Rei Vira Sapo,   entre outros. Neste livro, Ruth Rocha conta três histórias, protagonizadas por crianças que vivem no espaço urbano. São situações do cotidiano,que estas crianças resolvem a seu modo, aprendendo e crescendo com os desafios a elas impostos.    -------------------------------- E m Marcelo, Marmelo, Martelo, história que dá título

1 Imagem, 140 Caracteres #441

 Uma semana se passou e ainda há reflexos da Páscoa no ar...  Tudo bem aí com vocês? Espero que sim! Preparei a postagem mas a internet me passou a perna e agora que dei a volta nela (ahhaha) aqui estamos de novo!  Como já está tarde, arrumei o texto para ficar mais enxuto. Vamos para nossa imagem da semana? Imagem obtida no site Carta Capital Descrição: a imagem mostra um casal de idosos, de costas, caminhando sobre uma passarela de cimento em uma área arborizada . À esquerda vê-se parte de um banco. O homem veste uma camisa azul clara e calças jeans e está de mãos dadas com a mulher, que usa saia marrom e uma blusa de frio branca e meias brancas e longas.  Ambos tem cabelos brancos e curtos.  .................................................................................................. A praça mudou, a cidade ao redor também. Mas você continua aqui ao meu lado. Isso é o que importa no final das contas.  .............................................................................

1 Imagem, 140 Caracteres # 443

Boa noite!!! Passei a semana gripada, o que significa que olhar para uma tela de computador era bem complicado. Tanto que tenho até trabalho atrasado por conta disso. Mas enfim, vamos ao que interessa: a sexta-feira está quase acabando e ainda dá tempo para a nossa blogagem semanal acontecer!  Então, vamos lá? Imagem extraída do DepositPhotos Descrição: um menino branco, de costas.Ele cabelos curtos e loiros. Está usando uma camiseta azul, uma bermuda preta e calçando tênis. Ele está sentado em um ambiente escuro observando um grande  aquário com peixes ornamentais grandes, cor-de-rosa fraco. Me perdi da minha turma... Melhor esperar aqui. Enquanto isso, me acalmo com a sensação de estar no fundo do mar! Bom final de semana!