Pular para o conteúdo principal

Resenha: A Pequena Livraria dos Corações Solitários, de Annie Darling

 

Livro: A Pequena Livraria dos Corações Solitários

Autora: Annie Darling

Tradução: Cecília Camargo Bartalotti

7ª Edição: Editora Versus, 2017 


A imagem mostra a capa do livro "A Pequena Livraria dos Corações Solitários". O nome de Annie Darling aparece no alto da capa, em letras maiúsculas em cor laranja. Logo abaixo, o título do livro em cor-de rosa, alternando letras maiúsculas e minúsculas ( "a" e "dos" estão em letras minúsculas). Abaixo do título, mais para o canto esquerdo, vê-se uma construção em tons de rosa, a livraria. As vitrines são amplas e com grades, através das quais se pode divisar em um tom de azul-esverdeado uma silhueta feminina e outra masculina, dando a impressão de que irão se beijar. ao lado do casal há uma escada com livros em um dos degraus. Logo atrás da vitrine é possível ver mais livros, um deles aberto para exposição ao público. Também é possível notar cortinas nos cantos da vitrine por onde se vislumbra o casal e bandeirinhas no teto. Ao lado direito da vitrine onde está o casal, há um a porta entreaberta, em frente a placa negra com letras brancas onde se lê: Felizes para sempre e ao lado direito da porta outra vitrine, onde se pode ver mais bandeirinhas e livros. Na frente da porta, um degrau com um vaso de planta, uma placa cavalete onde se pode ver escrito com giz a palavra "Aberto" e atrás um vaso retangular com flores. A rua que passa em frente à livraria é feita de pedras em tons amarelados, e ao fundo pode-se ver outros prédios comerciais, baixos e coloridos (verde, azul, rosa). O restante da capa do livro mostra o céu azul com nuvens e alguns pássaros distantes.Também pode-se ler na capa os dizeres: " A livraria dos corações solitários - Livro '. E na parte de baixo, o logo da editora Verus. Acima da ilustração da loja e dos prédios ao fundo, ramos verdes enfeitam a borda da capa do livro.

 

"A pequena livraria dos corações solitários" é o primeiro livro de uma série que retrata cada um dos funcionários de uma livraria e suas histórias de amor.

Este livro que inicia a série "Livraria dos Corações Solitários", conta a história de Posy Morland,a partir do momento em que, aos 28 anos e responsável pelo irmão de 15 desde que seus pais faleceram em um acidente sete anos antes, está no funeral da excêntrica Lavínia Thorndyke. Lavínia era dona da pequena  livraria onde Posy trabalha, em Londres. Para Lavínia, Posy era mais que uma funcionária, era como uma "neta honorária", pois ela cuidou para que tivessem onde morar depois do falecimento dos pais, além de dar-lhe o emprego.

Logo após o funeral, Posy recebe a notícia de que herdou a livraria Bookends. A vida de Posy e o ambiente da livraria estão tão entrelaçados que a simples ideia de não corresponder à última vontade de Lavínia e conseguir recuperar a livraria, que financeiramente está indo de mal a pior, a deixa apavorada. Agora Posy, que sempre foi sonhadora e via nos romances dos livros seu refúgio quando as obrigações da realidade a faziam sentir-se exausta, precisa aprender a chefiar uma equipe de funcionários que são seus amigos, lidar com cálculos, planinhas e fazer um planejamento eficiente, pois se em dois anos a livraria não conseguir se reerguer, a propriedade passará para o neto de Lavínia, Sebastian- com quem Posy vive às turras desde a infância, ao mesmo tempo em que se sente atraída por ele. 

Ela resolve que conseguirá reerguer a Bookends em seis meses, em vez de em dois anos, embora o estresse de lidar com as mudanças necessárias na livraria com pouco dinheiro e com o receio de apagar a memória de seus pais, que trabalhavam lá, a deixe exausta. Além de toda essa pressão, Posy ainda tem de continuar lidando com Sebastian, que agora aparece várias vezes na semana na Bookends, deixando-a à beira de um ataque de nervos, pois ele quer impor suas ideias no plano para reerguer a livraria. 

Ações vão sendo tomadas para tentar cumprir este plano ambicioso, ao mesmo tempo em que vemos um grupo de amigos e colegas de trabalho descritos pela autora como "um bando de alegres desajustados" lidando com as mudanças que implicam crescimento e dor ao mesmo tempo, vemos a evolução no relacionamento entre eles, e, claro, entre Posy e Sebastian .

Esta é uma daquelas histórias que lemos meio que já sabendo o final, mesmo assim é uma leitura leve e divertida, boa para quando queremos relaxar a cabeça depois de um dia de trabalho ou de uma semana "mais pesada". Denunciando minha idade, posso dizer que lembra um pouco os romances de banca, no estilo "Sabrina", porém mais adequados para a época atual ( e sem todo o erotisimo daqueles romances). Cheguei a rir em algumas cenas, imaginando o ambiente dos quartos de Posy e de Sam, seu irmão,e  a tentativa de Posy em escrever um romance, além da descrição dos outros ambientes na rua pacata onde a livraria se situa. 

Recomendo para quem quer uma história leve e divertida e que gosta de romances, mesmo os de final previsível. 


Os outros livros da série são: 

Amor Verdadeiro na Livraria dos Corações Solitários, que conta a história de Verity;

Loucamente Apaixonada na Livraria dos Corações Solitários, que conta a história de Nina;

Um Beijo de Inverno na Livraria dos Corações Solitários, que conta a história de Mattie 


Até agora só li o primeiro, e embora não seja um gênero que eu leia muito, fiquei curiosa em saber as histórias dos demais personagens que trabalham na Bookends... ops, agora se chama Felizes para Sempre. 


Até a próxima!

Comentários

  1. Decerto que será um livro muito interessante de ler
    .
    Cumprimentos poéticos

    ResponderExcluir
  2. Gostei desde a capa tão bem descrita até a resenha...Parece muito legal e na certa,. muiiiiiitas histórias legais por lá ! bjs, chica

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Devaneie você também!

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Marcelo, Marmelo, Martelo e outras histórias, de Ruth Rocha

O exemplar que tenho em casa, velhinho mas em bom estado Livro : Marcelo, Marmelo, Martelo e Outras Histórias Autora : Ruth Rocha Ilustrador : Adalberto Cornavaca Edição : 33ª Ano : 1976 Editora Salamandra Ruth Rocha é uma das minhas autoras preferidas, pela sua capacidade de criar histórias infantis que levam à reflexão e de tocar em temas dito espinhosos.  Já falei sobre este assunto em uma resenha de outro livro, O Que Os Olhos Não Vêem , aqui mesmo neste blog. Para quem não está associando o nome à pessoa, ela é autora também de O Reizinho Mandão , Dois idiotas sentados cada qual no seu barril , Sapo Vira Rei Vira Sapo,   entre outros. Neste livro, Ruth Rocha conta três histórias, protagonizadas por crianças que vivem no espaço urbano. São situações do cotidiano,que estas crianças resolvem a seu modo, aprendendo e crescendo com os desafios a elas impostos.    -------------------------------- E m Marcelo, Marmelo, Martelo, história que dá título

1 Imagem, 140 Caracteres #441

 Uma semana se passou e ainda há reflexos da Páscoa no ar...  Tudo bem aí com vocês? Espero que sim! Preparei a postagem mas a internet me passou a perna e agora que dei a volta nela (ahhaha) aqui estamos de novo!  Como já está tarde, arrumei o texto para ficar mais enxuto. Vamos para nossa imagem da semana? Imagem obtida no site Carta Capital Descrição: a imagem mostra um casal de idosos, de costas, caminhando sobre uma passarela de cimento em uma área arborizada . À esquerda vê-se parte de um banco. O homem veste uma camisa azul clara e calças jeans e está de mãos dadas com a mulher, que usa saia marrom e uma blusa de frio branca e meias brancas e longas.  Ambos tem cabelos brancos e curtos.  .................................................................................................. A praça mudou, a cidade ao redor também. Mas você continua aqui ao meu lado. Isso é o que importa no final das contas.  .............................................................................

1 Imagem, 140 Caracteres # 443

Boa noite!!! Passei a semana gripada, o que significa que olhar para uma tela de computador era bem complicado. Tanto que tenho até trabalho atrasado por conta disso. Mas enfim, vamos ao que interessa: a sexta-feira está quase acabando e ainda dá tempo para a nossa blogagem semanal acontecer!  Então, vamos lá? Imagem extraída do DepositPhotos Descrição: um menino branco, de costas.Ele cabelos curtos e loiros. Está usando uma camiseta azul, uma bermuda preta e calçando tênis. Ele está sentado em um ambiente escuro observando um grande  aquário com peixes ornamentais grandes, cor-de-rosa fraco. Me perdi da minha turma... Melhor esperar aqui. Enquanto isso, me acalmo com a sensação de estar no fundo do mar! Bom final de semana!