Pular para o conteúdo principal

Pensamentos soltos sobre a pandemia escritos em modo revolts


 Aferição de temperatura para entrar em estabelecimentos é inútil. E medir pelo pulso mais inútil ainda. 

Usar máscaras pode não evitar o contágio, mas barra boa parte das gotículas. E isso diminui a carga viral. Mas só vai dar certo se o nariz ficar dentro da máscara, caspita. 

Parem com essa bobeira de perguntar " se bares podem abrir, por que escolas não podem?" Primeiro, que a permissão para bares abrir não foi uma permissão para aglomerar. Do mesmo jeito que liberação de qualquer outro estabelecimento não é permissão para aglomerar.
Se adultos não entendem isso, imagine crianças pequenas. E nas escolas não há apenas crianças, há as pessoas que trabalham na direção, na higiene, alimentação, professores e professoras e todo o entorno. A sala de aula não é uma bolha. 

"Ah, todo mundo morre um dia". Se você chegou até aqui e quer jogar essa frase como justificativa para fingir que nada acontece, ignorando todas as medidas de prevenção por não ser capaz de empatia nem de consciência social, pode fechar essa página agora. Não é esse texto que vai respaldar, e infelizmente nem conseguir mudar esse seu pensamento deturpado. 


Use o cérebro que a natureza te deu e moldou para criar conexões incríveis e exerça a inteligência, pelo seu bem e da humanidade. 

Não espere ficar sem conseguir respirar para ir ao médico. Os sintomas se assemelham a uma gripe, se você tem condições de ir ao médico e fazer um teste logo, faça. 


Criatura, não importa de onde venha a vacina, importa que ela funcione. Pare de acreditar em notícias do tipo "ah, mas vai ter um chip que vai me rastrear e comandar minha vida". Se você tem um celular, saiba que já tem um chip te rastreando. E se você tem redes sociais, já sabem muito da sua vida. 


Não decepcione quem lutou para te dar uma boa educação! Leia além da manchete, pesquise em outras fontes antes de acreditar em qualquer coisa que te passam por WhatsApp, Telegram ou qualquer outro comunicador instantâneo. Por mais que você possa querer reclamar da Educação no Brasil, você teve aula de interpretação de texto, então mostre que aprendeu alguma coisa! 


Um princípio ativo de um remédio altamente concentrado em um teste de laboratório não é a mesma coisa que o remédio vendido na farmácia. 


A vacina está demorando? Não, pelo contrário! A Ciência não pode ser demasiado apressada senão a probabilidade de dar errado é enorme. Já houveram vacinas que demoraram vinte anos para serem desenvolvidas e aplicadas de modo a surtir o efeito desejado. Se a projeção para a vacina contra a Covid-19 é de dois anos, agradeça aos céus, pois será a vacina mais rápida desenvolvida até hoje! 


Você acredita em alguma divindade? Ótimo! Eu também, sou cristã desde que nasci. Vou te contar uma novidade: acreditar em Deus (seja qual for o seu deus) não impede de acreditar na Ciência, não é legal? Talvez seja até assunto para um outro texto. 




Comentários

  1. Boa tarde de primavera, querida amiga Mari!
    Perfeito!
    Tomar todos cuidados e aglomeração não e comigo também.
    Vacina vai sair na tempo de Deus e vamos esperar com esperança de que até lá, vamos fazendo nossa parte como sabemos que tem que ser.
    Pode-se beber em casa, quem gosta ...
    Convívio social?
    Indispensável, mas não permitido por ora...
    Os idosos estão sofrendo muito toda sorte de dificuldades, em nível de saúde mental, emocional e física. No entanto, muitíssimo obedientes estão e os desajuizados querem tudo aberto numa Pandemia, inclusive escolas.
    Tem toda razão . Temos que aguardar mais.
    Aí fora, temos visto o retorno do vírus...
    Tenha dias abençoados e perfumados!
    Bjm carinhoso e fraterno

    ResponderExcluir
  2. Uma grande parte do povo é irresponsável. Nos supermercados batem pessoas contra pessoas, mexe-se em tudo, fruta, artigos expostos, enfim. Máscara com o nariz de fora é aos montes. Na rua é ver as pessoas a conversar, 5 e 6 e 7 e mais com as máscaras penduradas nos braços. Infelizmente é a mentalidade que existe.
    .
    Cumprimentos Outonais.

    ResponderExcluir
  3. Adorei e me vi nesses pensamentos...Vemos cada um por esses dias! CREDO! Tem cada uma que parece nem podemos acreditar, mas não só do povo!!!AFFFF! beijos, tudo de bom,adorei! chica e feliz primavera!!

    ResponderExcluir
  4. É... vamos rezar e nos prevenir!

    ResponderExcluir
  5. Mari, concordo plenamente com você, cá pra nós usar máscara é muito chato, mas é preciso! Inventaram que medir temperatura na testa fazia "mal" para o cérebro! Jesus! É muita criatividade pra inventar fake news! E com aquele asno como presidente...assino embaixo de seu texto! ♥ ☾ ❀

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Devaneie você também!

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Marcelo, Marmelo, Martelo e outras histórias, de Ruth Rocha

O exemplar que tenho em casa, velhinho mas em bom estado Livro : Marcelo, Marmelo, Martelo e Outras Histórias Autora : Ruth Rocha Ilustrador : Adalberto Cornavaca Edição : 33ª Ano : 1976 Editora Salamandra Ruth Rocha é uma das minhas autoras preferidas, pela sua capacidade de criar histórias infantis que levam à reflexão e de tocar em temas dito espinhosos.  Já falei sobre este assunto em uma resenha de outro livro, O Que Os Olhos Não Vêem , aqui mesmo neste blog. Para quem não está associando o nome à pessoa, ela é autora também de O Reizinho Mandão , Dois idiotas sentados cada qual no seu barril , Sapo Vira Rei Vira Sapo,   entre outros. Neste livro, Ruth Rocha conta três histórias, protagonizadas por crianças que vivem no espaço urbano. São situações do cotidiano,que estas crianças resolvem a seu modo, aprendendo e crescendo com os desafios a elas impostos.    -------------------------------- E m Marcelo, Marmelo, Martelo, história que dá título

1 Imagem, 140 Caracteres #441

 Uma semana se passou e ainda há reflexos da Páscoa no ar...  Tudo bem aí com vocês? Espero que sim! Preparei a postagem mas a internet me passou a perna e agora que dei a volta nela (ahhaha) aqui estamos de novo!  Como já está tarde, arrumei o texto para ficar mais enxuto. Vamos para nossa imagem da semana? Imagem obtida no site Carta Capital Descrição: a imagem mostra um casal de idosos, de costas, caminhando sobre uma passarela de cimento em uma área arborizada . À esquerda vê-se parte de um banco. O homem veste uma camisa azul clara e calças jeans e está de mãos dadas com a mulher, que usa saia marrom e uma blusa de frio branca e meias brancas e longas.  Ambos tem cabelos brancos e curtos.  .................................................................................................. A praça mudou, a cidade ao redor também. Mas você continua aqui ao meu lado. Isso é o que importa no final das contas.  .............................................................................

1 Imagem, 140 Caracteres # 443

Boa noite!!! Passei a semana gripada, o que significa que olhar para uma tela de computador era bem complicado. Tanto que tenho até trabalho atrasado por conta disso. Mas enfim, vamos ao que interessa: a sexta-feira está quase acabando e ainda dá tempo para a nossa blogagem semanal acontecer!  Então, vamos lá? Imagem extraída do DepositPhotos Descrição: um menino branco, de costas.Ele cabelos curtos e loiros. Está usando uma camiseta azul, uma bermuda preta e calçando tênis. Ele está sentado em um ambiente escuro observando um grande  aquário com peixes ornamentais grandes, cor-de-rosa fraco. Me perdi da minha turma... Melhor esperar aqui. Enquanto isso, me acalmo com a sensação de estar no fundo do mar! Bom final de semana!