Pular para o conteúdo principal

Livro: Confinada, de Triscila Oliveira e Leandro Assis


"Um retrato mordaz da sociedade brasileira durante a pandemia." (definição encontrada no site da Editora Todavia)


Imagem: alguns quadrinhos retirados de tiras de toda a história, resumindo alguns temas abordados em "Confinada": 

O texto é o seguinte: "Confinada fala  da pandemia e de como a desigualdade acentuou seus efeitos. Mas trata de muitos outros assuntos. Como a espiritualidade tóxica. Racismo. A cultura do cancelamento. A luta de médicos.. E a falta de empatia. Negacionismo e fake news" 


Confinada mostra a história de duas mulheres forçadas a conviver durante o período de pandemia de coronavírus: Fran, uma digital influencer e Ju, a empregada que aceitou passar a quarentena trabalhando dentro do apartamento de Fran fazendo o trabalho de três pessoas. 

Fran dá dicas de saúde e assina vários contratos de publicidade, porém não vivencia o que ensina, refletindo na prática vários preconceitos e estereótipos. Ju reflete sobre a hipocrisia e as condições de seu confinamento e passa a enfrentar essa situação, mostrando consciência de classe e pensamento crítico. 

  O título é ambíguo, podendo se referir tanto a uma quanto a outra, já que as duas ficam confinadas no apartamento de Fran durante o período em que ainda não haviam vacinas sendo aplicadas aqui no Brasil.

Milhares de pessoas acompanharam a história de Fran e de Ju no Twitter, tanto no perfil de Triscila quanto no de Leandro. 

Conheci a história também no Twitter, pois estava acompanhando um trabalho anterior dos dois, chamado "Os Santos" (sobre o qual também quero falar em breve aqui no blog). 

Assim que "Confinada" passou a ser publicada, passei a ansiar pela tirinha semanal para poder acompanhar o desenrolar da história. A trajetória de Ju e Fran durante todo o livro nos envolve e a leitura flui tão bem que ficar refletindo sobre cada página ao final é inevitável. O capricho nas identidades visuais das agências que a influencer Fran representa e as referências a elementos da cultura pop também completam muito bem o contexto de toda a história. 

Recomendo muitíssimo, por ser um retrato bem realista de nosso país no início da pandemia e mostrar sem rodeios a realidade de muitas domésticas durante esse período.


-------------------------------------------------------------

Quer saber mais? Seguem links!

(Ah! No livro há algumas páginas extras, que não apareceram  no Twitter e no Instagram e que tiram algumas dúvidas sobre a história).


Link do livro na Amazon: Confinada ( há a opção de comprar o livro físico ou e-book)

Link do livro na editora Todavia

Twitter da Triscila

Instagram da Triscila

Twitter do Leandro

Instagram do Leandro


Comentários

  1. Que interessante isso. Deve mesmo ser bem legal de acompanhar e, na certa existem por aí tantas dessas Fran e Ju por aí na pandemia e nem só!
    Gostei!
    beijos, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Devaneie você também!

Postagens mais visitadas deste blog

Resenha: Marcelo, Marmelo, Martelo e outras histórias, de Ruth Rocha

O exemplar que tenho em casa, velhinho mas em bom estado Livro : Marcelo, Marmelo, Martelo e Outras Histórias Autora : Ruth Rocha Ilustrador : Adalberto Cornavaca Edição : 33ª Ano : 1976 Editora Salamandra Ruth Rocha é uma das minhas autoras preferidas, pela sua capacidade de criar histórias infantis que levam à reflexão e de tocar em temas dito espinhosos.  Já falei sobre este assunto em uma resenha de outro livro, O Que Os Olhos Não Vêem , aqui mesmo neste blog. Para quem não está associando o nome à pessoa, ela é autora também de O Reizinho Mandão , Dois idiotas sentados cada qual no seu barril , Sapo Vira Rei Vira Sapo,   entre outros. Neste livro, Ruth Rocha conta três histórias, protagonizadas por crianças que vivem no espaço urbano. São situações do cotidiano,que estas crianças resolvem a seu modo, aprendendo e crescendo com os desafios a elas impostos.    -------------------------------- E m Marcelo, Marmelo, Martelo, história que dá título

1 Imagem, 140 Caracteres #441

 Uma semana se passou e ainda há reflexos da Páscoa no ar...  Tudo bem aí com vocês? Espero que sim! Preparei a postagem mas a internet me passou a perna e agora que dei a volta nela (ahhaha) aqui estamos de novo!  Como já está tarde, arrumei o texto para ficar mais enxuto. Vamos para nossa imagem da semana? Imagem obtida no site Carta Capital Descrição: a imagem mostra um casal de idosos, de costas, caminhando sobre uma passarela de cimento em uma área arborizada . À esquerda vê-se parte de um banco. O homem veste uma camisa azul clara e calças jeans e está de mãos dadas com a mulher, que usa saia marrom e uma blusa de frio branca e meias brancas e longas.  Ambos tem cabelos brancos e curtos.  .................................................................................................. A praça mudou, a cidade ao redor também. Mas você continua aqui ao meu lado. Isso é o que importa no final das contas.  .............................................................................

1 Imagem, 140 Caracteres # 443

Boa noite!!! Passei a semana gripada, o que significa que olhar para uma tela de computador era bem complicado. Tanto que tenho até trabalho atrasado por conta disso. Mas enfim, vamos ao que interessa: a sexta-feira está quase acabando e ainda dá tempo para a nossa blogagem semanal acontecer!  Então, vamos lá? Imagem extraída do DepositPhotos Descrição: um menino branco, de costas.Ele cabelos curtos e loiros. Está usando uma camiseta azul, uma bermuda preta e calçando tênis. Ele está sentado em um ambiente escuro observando um grande  aquário com peixes ornamentais grandes, cor-de-rosa fraco. Me perdi da minha turma... Melhor esperar aqui. Enquanto isso, me acalmo com a sensação de estar no fundo do mar! Bom final de semana!