Pesquisar este blog

28 de fev. de 2020

1 Imagem, 140 Caracteres # 338

Bom dia! Como vocês estão? 

Esta semana passou tão rápido! Para milhões de pessoas, um período de maior recolhimento e reflexão se iniciou, para outras tantas apenas continua havendo uma sucessão de dias como sempre... Cada pessoa tem uma percepção diferente da passagem do tempo: para uns passa mais lentamente, para outros como um piscar de olhos. Mas é inegável que passa para todos e não há como fugir disto. 

E como o tempo passou para cada pessoa que está lendo isso, não sei. Mas passou, e hoje é sexta-feira novamente! 
Vamos à nossa imagem da semana? 

Imagem obtida no site Símbolos


Descrição: a imagem mostra uma pequena ampulheta de vidro sobre uma superfície que julga-se ser uma mesa marrom clara. O sol bate na ampulheta, fazendo uma sombra alongada sobre a madeira da mesa. A areia da parte de cima está em maior volume e é possível ver o filete de areia marrom claro, quase branca, escorrendo para a parte de baixo. 
 

Vira e revira a ampulheta. A visão do vazio causa desconforto. Observa e reflete sobre a areia escoando. Vira e revira. 


Até a próxima! 



 

21 de fev. de 2020

1 Imagem, 140 Caracteres # 337

Olá! Chegou mais uma sexta-feira e muitas pessoas estão em ritmo pré-carnaval. E para quem diz que "Ai, gente alienada, tudo está horrível e ainda tem gente que quer fazer festa", pensemos o seguinte: todo mundo precisa de uma válvula de escape e dá sim para dançar e ao mesmo tempo ter consciência de que não está tudo uma maravilha. 
Enfim. Irei desfilar bastante, da cozinha para a sala, da sala para o quarto, do quarto para o corredor (hihihi), mas só neste fim de semana pois aqui onde moro não se comemora esta data. Ou seja, dias normais. 

De qualquer forma, vamos à nossa imagem? 

Imagem obtida no blog Panda de Óculos
Descrição: a imagem mostra o vulto de quatro pessoas, pelas formas supõe-se serem três mulheres e um homem, brincando de espirrar água do mar com os pés, com os braços para cima.Não é possível ver as expressões dos rostos por estarem de costas para o sol, também não é possível ver suas roupas com nitidez, mas nota-se que estão em trajes de banho. A foto foi tirada de forma que a água espirrando fica à frente das pessoas.



Carnaval, calor, e praia. Dessa vez nosso bloco é o "Unidos no Mar"!  


Bom final de semana a todos! 



15 de fev. de 2020

Pequeno Desabafo de uma professora

  Uma professora é envenenada por alunos do quarto ano. Na outra rede social, o veredito é claro: culpa de "décadas de Paulo Freire". Uma breve pesquisa na internet pouparia muitas pessoas de passar vergonha, mas estamos na era da ignorância orgulhosa. Se pesquisassem, veriam que a contribuição deste educador é mencionada até no site do MEC.  E que ao contrário do que muitos vêm pregando, o tal "método" não é aplicado nas escolas, não como pensam. Mas como já escrevi antes, estamos na era da ignorância orgulhosa. As pessoas não querem ler, não querem se aprofundar, para não destruir as suas convicções. Preferem se alimentar de meias-verdades a serem confrontadas. Isso é frustrante para nós, profissionais da Educação.

Nós, professores e professoras, temos nos esforçado muito nas últimas décadas, muitas vezes até assumindo responsabilidades que não deveriam ser nossas, porque nos importamos e queremos ver nossos alunos evoluírem. Mas há alguma força maior que nosso trabalho. Ensinamos Geografia e Ciências durante doze anos e vemos ex-alunos defendendo que a Terra é plana e que vacinas causam autismo. 

 Ensinamos sobre como os continentes são interdependentes e tem ex-aluno nosso dizendo que aquecimento global é mentira e que a Amazônia pode ser desmatada que não vai afetar em nada.

Ensinamos interpretação de texto e morreremos um pouco a cada dia vendo discussões na internet porque a pessoa não interpretou a manchete nem leu a notícia.
Ensinamos temas transversais e ética e vemos alunos e ex-alunos defendendo o " se está bom para mim os outros que se danem".
 
Isso cansa, sabe. Aí a gente reclama que não está fácil e tem de ouvir que reclamamos de barriga cheia, que temos 3 meses de férias e que somos parasitas (afinal,funcionários públicos).
Somos desautorizados o tempo inteiro e a resposta é que " a culpa é do Paulo Freire". Pelo amor de Deus, se você que está lendo for um dos meus ex-alunos, não me dê esse desgosto.
 

14 de fev. de 2020

1 Imagem, 140 Caracteres # 336

Olá! 

Espero que vocês estejam bem nesta sexta-feira! 

A chuva deu uma trégua e escrevo isto em uma noite de quinta-feira bem fresquinha, de frente para a janela de onde entra uma bela brisa. 

Precisamos de momentos assim de descanso para recarregar as baterias, né? 

E aqui estamos de novo em mais uma edição da nossa #1Imagem140Caracteres! 

Vamos à imagem desta semana? 


Imagem obtida no site Redação Online

Descrição: a imagem mostra as mãos de uma pessoa que está assistindo televisão. Uma das mãos segura o controle remoto e pressiona um dos botões, e a outra pega um pouco de pipoca de uma vasilha branca que está sobre uma mesa. Ao fundo , de forma desfocada, vê-se um televisor no qual aparecem dois vultos de pessoas observando o mar. 


Final de semana chegou! Um cineminha em casa e uma pipoca são uma bela distração. Falta escolher o filme! 


Um bom final de semana a todos vocês!  

 

7 de fev. de 2020

1 Imagem, 140 Caracteres # 335

Olá, boa noite  ! 

Desculpem pelo atraso, costumo agendar as postagens durante a semana para isso não acontecer porém desta vez não foi possível. 

Espero que vocês estejam bem! 

Aqui o ano letivo iniciou ontem, debaixo de bastante chuva, que continua hoje.Por mais que adore estar em férias, é muito bom voltar e encontrar as carinhas sorridentes das crianças! 


A imagem de hoje é de minha autoria, uma foto que foi tirada em um domingo à tarde perto de onde moro. É um lugar simples, em uma estrada não muito movimentada, o que dá a oportunidade de parar, contemplar e ouvir os sons da natureza, mesmo sendo perto do centro da cidade. Por conta disto, minha participação ficou assim: 



Descrição: a imagem mostra um local com bastante vegetação, no qual corre um riacho raso, por cima de muitas pedras. É a descida da água depois de uma pequena cascata.




Paro mais uma vez aqui. 
O murmúrio das águas e a brisa fresca ajudam a clarear as ideias e lembrar do que realmente importa na vida! 




Até a próxima e bom final de semana!

 

3 de fev. de 2020

Resenha: O Doentio caso dos irmãos disformes, de Patric SS



Livro: O Doentio Caso dos Irmãos Disformes
Autor: Patric  SS.
 Disponível na plataforma Wattpad
Ano: 2016 - história com 25 capítulos 




 Descrição: a imagem mostra a capa do livro, na qual se podem visualizar uma parede com tom esbranquiçado, com manchas e riscos marrons claro em toda a sua extensão. Há uma cadeira com encosto bem alto, na qual está sentada uma criança com vestes brancas longas, parecendo um vestido de mangas compridas. Ao seu lado esquerdo, em pé, outra criança com uma veste longa negra, sem mangas. As duas crianças aparentam ser meninos, calvos, com rostos deformados. Acima da imagem, o título do livro: O Doentio Caso dos Irmãos Disformes, escrito em letras brancas e vermelhas. Ao fundo da página, ao lado da criança vestida de negro, o nome do autor, em letras menores e brancas: Patric SS.


  Cinco jovens viajam a passeio em uma velha kombi saída dos anos 1970 para uma pequena cidade, chamada Dona Chica, no Pará. Eles querem apenas se divertir, beber e namorar, porém o que encontram é um local em pânico, pessoas que parecem saber mais do que afirmam e situações aterrorizantes.   

Antes mesmo de chegarem à casa em que irão passar  uma semana, Marcos, que dirige a Kombi, avista um ser que o assusta a ponto de fazer o veículo sair da estrada. Desacreditado pelos amigos, que como ele estavam sob efeito de drogas, ele os chama para ver algo que o deixou mais apavorado ainda, e todos se deparam com um cadáver apodrecendo. 
Mesmo assim resolvem fingir não ter visto nada, pensando nas complicações que sofreriam em chamar a polícia, e seguem caminho para Dona Chica.
 
A cidadezinha já havia sido um lugar aprazível, de pessoas simples, noites calmas e serenas, pessoas vivendo tranquilamente. Porém na época em que a história acontece, esta atmosfera foi substituída por um medo permanente, com as pessoas se comportando de modo estranho, sem sair de suas casas após a noite cair. É este clima que os jovens encontram ao chegar em Dona Chica. 

Assim que chegam, são avisados por um padre para deixarem o local imediatamente. Mas como costuma acontecer nos vários filmes e livros de terror, insistem em continuar viagem e ficar na casa que alugaram, sofrendo as consequências desta atitude. 
Vultos de seres estranhos são notados, pessoas são assassinadas de formas terríveis e aos poucos vamos tendo pistas sobre a terrível verdade que se esconde por trás destes assassinatos. 

A obra já começa com o aviso de que é conteúdo adulto, por conta da linguagem chula, de cenas descritas de forma a provocar nojo e mal estar, das mortes  violentas... Enfim,  a missão de causar desconforto, asco e estranheza é muito bem sucedida, e neste quesito não posso reclamar da escrita do autor.  

Esta foi uma leitura que me deixou desconfortável, não exatamente por ser uma história de terror, mas pela forma com que a narrativa acontece. É aquele tipo de livro cuja história aterrorizante faz a gente "virar a cara" algumas vezes, mas ao mesmo tempo insistir na leitura para descobrir afinal de contas como essa incursão dos protagonistas a uma cidade tão macabra irá terminar ( e se algum deles irá sobreviver).

A capa do livro foi modificada recentemente, o que foi bom para a obra, pois a anterior entregava boa parte do título. É claro que sabemos que irmãos disformes irão aparecerem em alguma parte do livro, porém a revelação de quem ou o que são, como sói, aparecerá nos últimos capítulos. A capa atual consegue manter melhor o clima de suspense. Alguns erros de escrita e de concordância são notados, porém a obra ainda pode sofrer revisão.

A história tirou-me da zona de conforto, pois terror não é meu gênero preferido, além da linguagem chula e das descrições chocantes. 

Como já deve ter ficado claro, prefiro não recomendar a leitura a quem é muito sensível. 

Patric SS costuma escrever no Wattpad livros e contos de terror e mistério, abordando psicopatia, assassinatos em série, seres assustadores, entre outros elementos. 


E a vocês, que estão lendo, qual livro já tiraram vocês da zona de conforto? 

--------------------------------------------------------------------------------

Esta postagem faz parte do Desafio Literário 2020, promovido pelo blog Momentum Saga

Outras postagens deste desafio: 


(Um livro que eu deveria ter lido em 2019)

2) O  Doentio Caso dos Irmãos Disformes, de Patric SS.

(Um livro fora da minha zona de conforto)



 Até a próxima!
 

1 Imagem, 140 Caracteres #481

Boa noite, gente! Depois de um dia cheio de atividades, aqui estamos!  E começa fevereiro, mês de volta às aulas!  Aqui muita expectativa po...