Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2013

Me despeço, mesmo sabendo que não estás ouvindo agora.

Como sentir saudades de quem não chegou a conhecer? Como se despedir de quem não chegou a existir?  Como lidar com a frustração da expectativa deixada no ar? Descobri que sim, é possível sentir saudades do que ainda não houve.  Que é possível sentir tristeza por alguém que não cheguei a conhecer.  Que é possível converter em muito pouco tempo a alegria em frustração.  E que, em menos tempo ainda, dá para converter a tristeza em esperança.  Despeço-me hoje, depois de uma semana de esperança, de alguém que não cheguei a conhecer.  Você, cuja presença desconfiei existir há menos de um mês atrás. Que mesmo ainda não existindo de fato neste mundo, já estava confirmando sua presença, mandando sinais.  Acolhi -acolhemos - com muito amor esta esperança, esta expectativa, esta felicidade.  Cercamos de cuidados, fizemos planos, conversamos muito.  Toda noite,antes de dormir, conversávamos com você, eu (o? a? ) acariciava, mesmo sem alcançar fisicamente,mandando todo o  meu, todo  o