Pesquisar este blog

10 de dez. de 2013

O Amanhã Colorido

Nem sempre atingimos nossas metas do modo e no tempo em que  as traçamos, nem sempre os caminhos que seguimos são aqueles que quisemos. E nem sempre atingimos as metas.

Nossa estrada nesta vida não é tão reta, tão previsível, tão fácil. 
Mas as curvas, os atalhos, as voltas que precisamos dar é que fazem tudo ter mais graça. 
A vida é mais divertida quando a estrada toma rumos diferentes, quando nos deparamos com cores diferentes, perfumes, pessoas. 

Caminhar apenas olhando para a frente sem prestar atenção, em linha reta, faz com que consigamos nossos objetivos. Mas também nos deixa cegos para a beleza do que há ao redor,  para as pessoas que estão caminhando conosco. E como diz um dito popular, quem vai sozinho pode até ir mais rápido, mas quem vai acompanhado, chega mais longe. 

Não, a vida não corre em linha reta. E, quer saber? Ainda bem! Não precisamos viver com arreios, vendo apenas a estrada na frente e seguindo, sem nos distrair com nada. Foco é importante, mas a aventura de viver é mais que isso, e distrair-se pelas estradas da vida com outras pessoas, olha que legal, pode até ajudar a alcançar nossos objetivos mais rápido! 

Então, permita-se caminhar às vezes depressa, às vezes devagar. Sentir o perfume das flores no caminho, jogar conversa fora com quem caminha ao seu lado, distrair-se às vezes, parar para observar o arco - íris, as nuvens, contar estrelas, jogar fora " a casca dourada e inútil das horas" (adoro esta frase!), afinal não é apenas uma questão de chegar ao objetivo de vida - que não vai ser o fim do caminho - mas também de aproveitar o caminho para aprender e aprimorar sua busca. 

O caminho, já dizia alguém, se faz ao caminhar. Caminhe... mas não apenas.Aproveite seu caminho para ser feliz desde já!




1 de dez. de 2013

O Direito de estar mau-humorad@


      Vivemos em uma época em que é imperativo ser feliz. Fala-se em receitas para ser mais feliz, publicam-se livros de autoajuda, campanhas publicitárias em que é ressaltado que se deve "rir mais". E qualquer indício de mau humor é censurado. 


Ter mau humor dá rugas, dá azia, dá câncer, dá no saco. Ok.
Mas todos temos o direito de acordar de mau humor, temos o direito de ter dias em que não estamos totalmente felizes, dias em que, querid@, a gente não acorda com -um-lindo -céu- azul- bordado- de -pássaros- coloridos- anunciando- mais- um- dia -feliz. Convivam com isso, vocês que são doentiamente bem-humorados, como se nunca tivessem tido nem um segundo de humor mais em baixa na vida.


Não temos dias seguidos de comercial de margarina, ou de que produto for. 


          Então, hoje estou escrevendo para requerer o direito de ter mau humor. Não o mau humor crônico, mas simplesmente o mau humor casual.
Acordei de mau jeito, cheguei ao trabalho com a cara um pouco fechada? Não encham a paciência, senão os cinco minutos de mau humor podem virar horas. Simplesmente não fiquem tentando exorcizar algo que vai sumir por si mesmo. 


    Conheço quem fique com o humor mais em baixa depois do almoço, ou ao cair da noite.Também tenho meus picos, embora a maior parte do meu dia seja bem-humorada. NÃO HÁ NADA DE ERRADO CONOSCO POR CAUSA DISSO. 


Há dias em que nem todos querem rir, falar bobagens, conversar. Há os dias abertos e nublados, há os dias alegres e os nem tanto. Mas não, pessoas que vivem irritantemente bem-humoradas o tempo todo, isso não é motivo para criar um cavalo de batalha. 


     Deixem nossos momentos de mau humor em paz. Não estamos criando risco de extinção da humanidade, nem criando a terceira guerra mundial ou uma nova bomba radioativa. Apenas estamos de mau humor, que vai passar se mais ninguém incomodar.
 

   Deixem-nos ter mau humor! Assim como dor, calor, sede, fome, passa logo. Principalmente se nos deixarem em paz.

1 Imagem, Caracteres #472

 Boa noite!!!  Tudo bem com vocês?  Que semana, minha gente. Começando com alagamento em várias regiões do estado, dias sem aula (mas trabal...