Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2011

Ando tão à flor da pele...

(Zeca Baleiro)

Dicas da Semana # 18

Começando mais uma semana, o ano quase acabando.... Dessa vez, fugirei um pouco da linha do blog (só desta vez? Ahã,sei!) falando sobre utilidade pública.

Deixei ...

Deixei para trás o sentimento de pena (de mim mesma!) Não me deixava crescer Deixei para trás o sentimento de culpa Não me deixava avançar Deixei para trás o ressentimento Não me deixava respirar Deixei para trás o medo Não me deixava criar Deixei para trás........ o que mesmo? Não lembro mais! Por que tudo ficou como deveria estar: Lá atrás!

Insanidade (1) ou Ode às Postagens Imbecis

(Quem é leitor assíduo de blogs, e já se deparou com absurdos na internet, provavelmente vai entender....) Criando rimas idiotas, só pelo prazer de ver  Palavras nascendo ao bater de teclas, Brancos riscos sobre o preto plástico,  formando frases desconexas coisas sem sentido Fios, cabos, satélites, ondas de rádio Energia elétrica Levando frases insanas a todo canto da terra Caps, Space, Enter, Delete.  apenas som do tec-tec-tec martelando  Uso inútil de tanta tecnologia!  Palavras perdidas! Pensamentos doidivanos escorrendo pelos dedos e parando no universo digital.  Devaneios e desvarios, idiotices por que não ficam presas apenas na cabeça?  E mais uma vez, mais uma pessoa,  entre tantas,  acessa o mundo virtual e despeja novamente mais frases e filosofias vãs que nada vão melhorar. E tecla, tecla, tecla, como se não houvesse amanhã.  Pouco ou nada apaga! -  e tecla, tecla, tecla... Cria amigos e inimigos mortais,  sentado atrás de uma tela luminosa em um canto, em uma casa qualq

Dicas da Semana # 17

Depois de um final de semana descansando (ou, pelo menos, deveria ser assim), vamos começar a segunda-feira de forma mais descontraída? Como já postei em outro " Dicas ", que tal um pouco de humor para desopilar? Let's go!

Não vou escrever agora.

Sentada na frente do monitor.  De novo.  Alguém escreveu que hoje é o dia da criatividade ... então ela fez o mesmo que seres humanos fazem: tiram folga em seu dia.  Lembrei de um escritor, que certa vez disse: " Todo mundo tem um dia em que, não sabendo sobre o que escrever, fala da falta do que escrever". Ou, algo do gênero, sei lá.  Enfim... há tantos assuntos, desde as subcelebridades que acham que basta emplacar um rostinho bonito e corpo malhado e comprado para fazer sucesso, até a dissecação das ideias de Stephen Hawking, mas há dias em que nada parece favorecer a quem quer escrever algo. 

Calma...

Nossos dias parecem nos atropelar As horas parecem se escoar Tão rapidamente Que é preciso pedir:  Calma! As pessoas parecem correr Os dias parecem voar Tudo parece enlouquecer E é preciso implorar:  Calma! Tudo parece sem controle Tudo parece enervar O tempo parece conspirar  Para esta necessidade sufocar:  Calma!  É preciso lembrar É preciso pedir É preciso implorar É preciso decretar Calma! Calma....  é preciso deixar, às vezes,  o barco correr... a raiva passar...  a noite chegar...  um novo dia nascer...  para poder resgatar e compreender Calma..... paz. (por favorzinho???)

Medo

Medo... de que? Medo que nada dê certo Medo de não agradar Medo de errar Medo de perder Perder algo Perder alguém Perder a si mesmo.  Medo De que?