Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2020

Resenha: a Sutil Arte de Ligar o F*da-se, de Mark Manson

Livro: A Sutil Arte de Ligar o F*da-se - Uma estratégia inusitada para uma vida melhor.  Autor : Mark Manson - Tradução de Joana Faro Editora : Intrínseca Ano :2016 Segunda Edição, pela Intrínseca, em 2019.   "A certeza é inimiga do crescimento. Nada é certo até acontecer - e mesmo assim não deixa de ser questionável. Daí a necessidade de aceitar as imperfeições inevitáveis dos nossos valores, pois sem isso não conseguimos crescimento algum." (p.91)       M ark Manson costumava escrever textos, como ele mesmo define, "desbocados" em seu blog.  Estes textos fizeram relativo sucesso, e deram origem ao livro que ficou por muitas semanas no ranking dos mais vendidos.   O livro, de leitura rápida e fluida, divide-se em nove capítulos escritos em linguagem simples, objetiva, de uma sinceridade quase cruel. A ideia que o guia, basicamente, é: a vida muitas vezes é vai ser uma M**** mesmo,e é preciso aprender a conviver com isso.   &quo

1 Imagem, 140 Caracteres # 346

B om dia, povo!  As últimas semanas andaram tensas, mesmo estando em uma posição confortável aqui em casa.  (Sim, reconheço meus privilégios. O que não significa que o fato de estar em quarentena não me afete, afinal todos os dias a gente continua vendo notícias não tão boas, e há ocasiões em que fica difícil manter o ânimo. Mas seguimos ).  T entei aproveitar o tempo em casa para escrever mais, estudar, mas está meio difícil me concentrar. De qualquer forma, espero, confio, oro, trabalho e me esforço para escrever algo. E aqui estamos nós, para mais uma edição desta nossa blogagem coletiva,que durante todos esses anos proporcionou reflexões, descobertas e permitiu contato com escritores de blogs e leitores daqui e do exterior!  E mbora nem sempre visite os blogs dos participantes desta blogagem com a regularidade que eu gostaria, saibam que estão em meus pensamentos e vossas exortações me dão ânimo para continuar este pequeno espaço na internet! Mas, vamos à nos

1 Imagem, 140 Caracteres # 345

Olá!  Boa tarde a todo mundo!  Espero que vocês estejam bem e se cuidando!  Estive trabalhando online desde cedo, e agora consegui uma pausa para vir aqui no blog!  E vocês, como tem passado esta quarentena? Semana que vem voltarei com as resenhas e textos no blog. Vamos à nossa imagem da semana?   Imagem obtida no Pixabay  Descrição: a imagem mostra uma estrada asfaltada, muito bem cuidada, com gramado e árvores altas dos dois lados. Ela está sombreada, com exceção de um ponto mais à frente em que se vê a luz do sol batendo na copa de algumas árvores. A estrada asfaltada é um aclive e não é possível ver onde ela terminará.   Aqui estamos. Uma luz se vê mais à frente, mostrando que ainda há muito caminho para seguir.  Então, sigamos!  Tenham um bom final de semana!

1 Imagem, 140 Caracteres # 344

Chegamos novamente a uma data que marca muito cristãos de todo o mundo, a Sexta-feira Santa. E depois de amanhã, Páscoa! Não importa sua crença religiosa, ou a ausência dela, é difícil ficar imune à Páscoa.  Para quem é cristão, esse ano está sendo uma coincidência interessante a quarentena imposta pela pandemia e a quaresma, que chega ao fim: depois de um tempo de recolhimento e reflexão, a oportunidade de ressurgir melhores.   Mas enfim... Vamos à postagem desta semana?   Descrição: a imagem mostra em primeiro plano um gramado ou campo em verde-claro.. Ao fundo, um homem vestido com camiseta e bermuda escuras, não sendo possível ver abaixo dos joelhos. O homem tem cabelos curtos e escuros e está de braços abertos, olhando para o céu, que está com bastantes nuvens, porém deixando ver a cor azul entre elas.   "Eis o tempo esperado: Justiça, alegria e paz, divina redenção! " (trecho da música Deserto, da banda cristã  Iahweh- vídeo abaixo) 

1 Imagem, 140 Caracteres # 343

Bom dia!  Depois de uma quinta-feira chuvosa em uma semana ainda muito conturbada, eis que aqui onde moro chega uma sexta-feira que há uns tempos eu não via: sol e vento, daqueles ventos que chega a dar um arrepiozinho. O verde das copas das árvores tocando o azul celeste sem nuvens é uma cena que nunca me canso de contemplar, e tendo de trabalhar em casa, enquanto escrevo posso olhar para fora da janela e ver essa cena o tempo todo! (E claro que nas pausas durante o trabalho irei levantar daqui e andar descalça na grama).  Quando acordei e vi este céu tão azul, trouxe-me um pouco de alento. Ajudou-me a ter mais esperança.  Mas enfim, vamos à postagem, né? Continuando com nossa costumeira blogagem coletiva de toda sexta-feira, a imagem de hoje é esta:  Não encontrei referência ao autor da imagem, se alguém souber me avise para eu colocar os devidos créditos Descrição: o desenho mostra várias silhuetas humanas, em diferentes tamanhos e disposições, formando uma á