Pesquisar este blog

30 de nov. de 2012

D's


Devaneios
Delírios
Desvarios
Desassombro


Dias de glória
Dias de luta
Dias vermelhos
Dias cinzentos


Descabelam
Dissolutos
Desemperram
Descortinam


Descobertas
Doloridas
Documentam
Domesticam


Doces digressões
Destemperados dissabores
Duros desafios


Deixam
Desviam
Doloridos
Desavisam


Deslumbramentos
Dúbios
Doidivanas
Decisões
 

28 de nov. de 2012

Depois Do Temporal



(Uns e Outros)

 

Essa noite quase acabou comigo e tudo a nossa volta
Em meio ao furacão

O amor se alimenta dos bons momentos, das horas felizes, justamente para ter forças na adversidade. 
 
Já nem sei que armas eu usei
Mas será que você sabe perdoar
O amor que te feriu? 


Somos humanos, somos imperfeitos, e sem querer  - ou até querendo - podemos magoar justamente quem mais amamos. 


Você que sabe mais de mim

Também quase acabou com tudo
Rasgando o coração

Muitas vezes a vida vai nos fazer cair, vai nos entristecer, muitas vezes nos decepcionaremos com as pessoas e conosco mesmos. 
Mas é preciso ter a cabeça no lugar, saber que do mesmo jeito que momentos felizes não duram para sempre, os ruins também não são eternos.


Cansado, feito em pedaços
Escravo fui do teu discurso sem final
Até amanhecer, mas
Curo todas as feridas
Saio e piso na manhã tranqüila
Sem nem olhar pra trás
O temporal passou
E o dia quase amanheceu em paz.


Em um relacionamento, muita gente insegura, logo na primeira briga ou discordância, acha que o parceiro não o ama mais, ou que o amor está esfriando. 
O amor nem sempre acaba, o que acontece é simples: ele amadurece. 

O que falta a muita gente é a capacidade de compreender que, se nem todos os dias são bons, também nossos parceiros, que escolhemos e amamos tanto, estarão sempre bem. Nem todos os dias são de céu azul, nem sempre estamos felizes, nem sempre conseguimos manter a calma. 

Nem sempre amanhecemos em paz, muitas vezes precisamos de diálogo sincero para curarmos "todas as feridas".         

 Mas quando amamos alguém de verdade, podemos "sair e pisar na manhã tranquila, sem nem olhar para trás", pois o que passou.... passou! 

O que importa no final, é que o temporal passa.. o sol volta a brilhar. Sempre! 


 


22 de nov. de 2012

A Inveja Mata!!! (Blogagem Coletiva)


(clique NESTE LINK para ver quem mais está participando desta blogagem)


A inveja mata....

Mata a alegria
Mata a espontaneidade
Mata a satisfação


A inveja mata....


Mata por dentro
Mata aos poucos
Mata aos outros - também

A inveja mata... 


A vontade de crescer
A vontade de ser melhor
A vontade de ser feliz

A inveja mata...


Faz sofrer - desnecessariamente
Faz remoer
Faz ser cruel


A inveja mata...


Agonia
Oprime
Sufoca  


A inveja mata...


Cega
Prende
Desqualifica


A INVEJA MATA A VIDA

19 de nov. de 2012

5º Book Crossing Blogueiro - Com atraso!!!


Sim, demorei para postar... como também demorei para escolher os livros. EScolhi dois,  para fazer este BookCrossing. E dentro dos dois livros, o selinho criado pela Luz de Luma: 

Imagem retirada do blog Luz de Luma, Yes Party!


Maaass, já dizia o ilustre desconhecido, o que vale é a intenção, então aqui estão os livros que vão viajar e deleitar outras pessoas, levando-as a viajar em seus mares de letras. Enfim, antes que eu canse seus olhinhos com tantas palavras derramadas em estilo rebuscado, vamos a eles! 

1 - Do Ofício de Matar Bois - Werner Neuert

Werner Neuert é um escritor aqui da nossa região (Médio Vale do Itajaí - SC). É uma coletânea de contos breves, reflexivos e profundos de certa forma, apesar de curtos.
Esse livro deixei em uma agência bancária, hoje ao final da tarde. 





2 -  Baús e Chaves da Narração de Histórias

Um livro que me foi muito útil, quando fiz um curso para Contadores de Histórias (aliás, estou resgatando o costume de contar histórias para os alunos, coisa que há tempo estava sem fazer - sei lá por que razão)



 Agora, ele vai encantar outras pessoas e quem sabe fazer nascer mais contadores de histórias entusiasmados. Esse, vou largar (amanhã) em uma das escolas em que trabalho. 

É isso aí, post curtinho e para quem estranha a ausência das Dicas da Semana, elas tiraram férias, ahahahah.... mas em dezembro elas voltam!!!

Até a próxima!!!!


13 de nov. de 2012

Dados Interessantes.... Só que não



(Postado originalmente na minha página no Facebook)



- 90% das pessoas não acreditam em pesquisas, segundo pesquisa.

- Segundo dados da Fundação de Apoio a Pesquisas Incompletas, a maioria das pessoas

- A urina do gato brilha com luz ultravioleta (e quem pensou em fazer esse tipo de teste, afinal?)
 

- 100% das pessoas nascem analfabetas.

- E também 100% das pessoas que se divorciam, antes foram casadas. 

 
- Se você gritar durante 8 anos, 7 meses e seis dias, produzirá energia sonora suficiente para esquentar uma xícara de café.(Não recomendo um método tão demorado).

- A pressão produzida pelo coração humano ao bater é suficiente para espirrar sangue a uma distância de 9 metros. (Por favor, não tentem tirar a prova)

- Nesse exato momento há mais de 100.000.000 microorganismos se alimentando, se reproduzindo, nadando e depositando detritos na área em volta dos seus lábios.

- E neste exato momento, você limpou a boca com as costas da mão, seu porquinho! Na pele da sua mão também tem microorganismos, mesmo que você tenha tomado seu banho semanal.

-Enquanto você está aqui lendo esse texto, já se passaram cinco minutos e muitas pessoas pelo mundo todo estão nascendo, trabalhando, estudando ou até mesmo batendo a cabeça contra a parede por que leram que fazer isso consome 150 calorias por hora. Mais dois minutos se passaram e você continua lendo esse texto. Que desperdício, vá tomar um café!

- A maioria das pessoas que está lendo este texto está com uma das mãos no mouse e outra no queixo. E está clicando na barra de rolagem para continuar lendo.

- Você chegou até aqui e não acredita, mas desperdiçou mais de cinco minutos de seu tempo. 


 
Fonte: Verdana

7 de nov. de 2012

I Disappear

( Escrevi o que veio à cabeça, enquanto via o clip da música no youtube. Não há semelhanças com fatos reais, mas com pensamentos sim. Ahahha....) 
  

Hey hey hey
Here I go now
Here I go into new days
Hey hey hey
Here I go now
Here I go into new days
I'm pain, I'm hope, I'm suffer
Yeah hey hey hey yeah yeah
Here I go into new days


E aqui vou eu, sem saber direito para onde. Ouvindo música, mascando chicletes, sentindo o calor do sol em minha cabeça. Aqui vou eu. Mais um dia,um dia comum.
Haverá esperança de novos dias? Haverão novos dias?


Hey hey hey
Ain't no mercy
Ain't no mercy there for me
Hey hey hey
Ain't no mercy
Ain't no mercy there for me
I'm pain, I'm hope, I'm suffer
Yeah, yeah, hey, hey no mercy
Ain't no mercy there for me



Sigo o caminho, vendo tantas pessoas seguindo.. algumas para cá, outras para lá, sempre correndo. Sempre escravas do tempo que elas mesmas inventaram. Sempre lamentando a falta de tempo,na qual no fundo se comprazem. Sempre achando que deveriam ter mais o que fazer, procurando preencher o vazio e a vida com mais e mais obrigações.


Do you bury me when I'm gone
Do you teach me while I'm here
Just as soon as I belong
Then it's time I disappear
Ha!!!


Mundo doido, no qual quando penso que aprendi as regras, vem alguém e muda tudo. Quanto mais conheço os seres que se dizem humanos, menos me sinto parte da humanidade


Hey hey hey
And I went
And I went on down that road
Hey hey hey
And I went on
And I went on down that road
I'm pain, I'm hope, I'm suffer
Hey hey hey yeah and I went on
And I went on down that road



E eu continuo, simplesmente porque não posso voltar atrás. Continuo por que a vida e meu instinto me impelem para frente. Porque já sei de onde vim, e tudo o que deixei para trás vai se desintegrando de minha memória. Porque devo prosseguir, tendo ou não sentido nisso.


Do you bury me when I'm gone
Do you teach me while I'm here
Just as soon as I belong
Then it's time I disappear



E lentamente... eu desapareço.







1 de nov. de 2012

A Volta de Quem Não Foi



"Levava uma sacola". 
-E o que tinha na sacola? Recordações? Objetos de trabalho? Um Chiuahua? Uma faca?
-Ah, não acredito, você de novo! Eu já não tinha dado um destino a você?
- Justamente, você disse - melhor, escreveu - que sou dono do meu destino. 
- E por isso você achou que seu destino era voltar para cá!
- Justamente. 
- E posso saber por que?
- Resolvi ser o paladino dos personagens de ficção. Não quero que sua mente doentia crie mais personagens apenas para depois jogá-los em situações constrangedoras e indefinidas.
- Bem, enquanto você me atrapalha, não posso continuar a história. Então, a indefinição do pobre personagem recém-criado que levava uma sacola, lá na primeira frase, é culpa sua! 
- Você me criou. A culpa é sua. 
- Então, por favor para de me atormentar!
- Eu faço parte de você, lembra? Eu sou você. Você está se auto-atormentando.Na verdade você não sabe como continuar o conto que começou, não definiu a importância da sacola na vida da personagem e por isso me tirou da manga para criar uma situação que te desviasse da história que começou. 
- E se eu te disser que o objetivo era esse mesmo? Que a frase inicial era apenas pretexto, e que estou me servindo de você novamente?
- Mas não é justo! Eu sou dono do meu destino, você escreveu isso!
- Exatamente. EU escrevi assim. 
Imagem tirada daqui
- Ei, vocês dois aí! 
- Quem é?
- Quem foi?
- Eu. A personagem com a sacola. 
- Deixa eu adivinhar, você quer um final. 
- Quero. 
- Dá um final para ele! 
- Para ele voltar mais tarde e eu ficar com duas vozes na cabeça? 
-Vamos fundar um movimento! PAF - Personagens Abandonados da Ficção. 
- Eu é que vou fazer um PAF em vocês! Personagem da sacola, você vai ter seu final:
" Levava uma sacola. Dentro, a feira do dia, uma suculenta melancia. A sacola arrebentou, a melancia que estava dentro saiu rolando e até hoje continua rolando, com seu dono correndo atrás dela"
- Mas... o que foi isso??? 
- Raiva! E um pouco de sadismo. O conto é meu e acabei com ele. 
- Ai, ai... agora fiquei com medo. Você vai me matar? 
- Deveria fazer a melancia cair em cima de você!!! Mas não. Vou te deixar assim. Assim como está. 
- Mas hein?
- Posso precisar de você. Afinal, não há seriedade sem um pouco de loucura. Agora se manda antes que eu mude de ideia.... 

1 Imagem, 140 Caracteres #481

Boa noite, gente! Depois de um dia cheio de atividades, aqui estamos!  E começa fevereiro, mês de volta às aulas!  Aqui muita expectativa po...